James Correa

"Vertiginous Rotation"

James Correa - Vertiginous Rotation (foto:Lorem Ipsum)

"Vertiginous Rotation"

 

 

 

 

 

 

James CORREA

James Corrêa James Correa é professor de composição e computação musical no Conservatório de Música da UFPel. Doutor em música pela State University of New York at Buffalo, ele é compositor e coordenador do Laboratório de Composição – LabCom, que concentra as atividades de ensino, pesquisa e extensão do Bacharelado em Composição Musical do Centro de Artes da UFPel (Universidade Federal de Pelotas).

O LabCom oferece suporte tecnológico para a prática de composição assistida por computador, composição algorítimica, sequenciamento, desenho sonoro, composição eletroacústica, luthieria digital, projetos de composição multimedia, projetos composicionais envolvendo live electronics, desenvolvimento de softwares para desenho sonoro, composição e performance, edição e mixagem de trilhas sonoras, suporte tecnologico para concertos realizados por alunos, professores e convidados dos cursos de bacharelado em música da UFPel.

As obras de James Corrêa têm sido apresentadas na Argentina, Estados Unidos, Canadá, Europa e nos mais importantes eventos dedicados à música contemporânea no Brasil.

Sua música vem sendo interpretada por grupos e solistas internacionais como Ensemble Orpheus, Ice, Barton Workshop, North/South Consonance, American Brass Quintet, Grupo PIAP, Orquestra do Teatro São Pedro, Magnus Andersson, Catarina Domenici e Rene Lecuona. Em 1999 James Correa foi um dos 20 compositores de todas as Américas selecionados pelo grupo North/South Consonance para a temporada de 2000; no ano de 2001 foi um dos cinco compositores escolhidos para representar o Brasil no festival Syntèse 2001 promovido pelo Institut International Musique Electroacustique de Bourges, França.

Correa foi membro fundador do Núcleo de Música Contemporânea de Porto Alegre, do NIMTAC (Núcleo de Integração entre Música Teatro e Arte Contemporânea) e do coletivo de compositores Sons Transgênicos. Em 2006 apresentou-se com a projeção Sonora de Composições Computacionais no CME Centro de Música Eletrônica,  considerado o maior e mais avançado Centro de Música Computacional e Eletrônica do sul do Brasil, do qual ele é compositor associado.

Foi também membro da comissão artística do ENCOMPOR, um dos diretores do Festival Multimedia Internacional Multiple-X, um dos organizadores do concerto anual promovido pelo Lejaren Hiller Computer Music Studios e é membro da ICMA (International Computer Music Association).

Música : Vertiginous Rotation - 2008 (guitar and live electronics)

Vertiginous Rotation é uma peça composta por James Corrêa em 2008 para violão e  live electronics. Ele compõe obras que utilizam processamento de sinal em tempo real desde 1998. Para compor essa peça James Corrêa usou um computador MacBook pro, interface de audio M-audio 410 e Saffire PRO 40 (as duas firewire), e quanto ao software: Max/MSP/Jitter. Ele utiliza várias técnicas de processamento diferentes, dependendo de cada projeto, gostando bastante de granulacões, transformações no campo das frequências (utilizando FFT), técnicas clássicas como delays, modulacões, espacialização envelope follow, gesture follow, analize-ressintese,etc..

jamescorrea.org

James Correa fala sobre sua composição, Vertiginous Rotation.

© Daniel Murray / ToteMusicais 2015-2016

Criação Samuel Vasconcellos

BRASIL

DM ESTÚDIO

Rua Augusta, 2676

01412-100 São Paulo-SP

T. +55 +11 3062 2976

contato@danielmurray.com.br

TOTEMMUSICAiS

Estrada Mun. do Bairro do Ribeirão do Meio, 2752

13 960-000 Socorro-SP

T. +55 +11 99160 3589

marinilda.b@totemusicais.com.br